« VOLTAR

Melhorando a vida, o design das inovações suecas


Curadoria: Gabriela del Valle López, da Sociedade Sueca de Artesanato e Design

Maior exposição de design sueco já realizada no país, passou pela Rússia, Chile, México e Portugal. Fez parte de uma série de eventos ocorridos na cidade com o objetivo de divulgar a Suécia e estreitar relações comerciais entre as duas nações.

Mais do que peças de design, a mostra apresentou inovações tecnológicas que colocaram a Suécia no cenário mundial, como o cinto de segurança para carro de três pontos criado pela Volvo, as embalagens da Tetra Pak, o sistema de telefonia móvel criado pela Ericsson, o marcapasso, a Xylocaina, entre outros. A Suécia tem uma longa tradição em inovação e é um dos países com o maior número de patentes per capita.

Foram expostos 55 produtos, que apresentaram a contribuição da Suécia no campo do design industrial, da medicina, das comunicações e da tecnologia, todos com comprovado sucesso comercial.

O objetivo foi mostrar, através do design e das inovações tecnológicas, a cultura da Suécia e a maneira como o país vem contribuindo para criar uma vida melhor e mais bela. Organizada pela Svensk Form (Sociedade Sueca de Artesanato e Desenho), em colaboração com o Instituto Sueco, Ministério das Relações Exteriores da Suécia e Conselho de Comércio Exterior da Suécia, contou no Brasil com apoio da Embaixada da Suécia e da Câmara de Comércio Sueco-Brasileira.

Dois debates abertos ao público– um no dia 8, outro no dia 15 de outubro -, enfocaram justamente essa inter-relação entre design, inovação e qualidade de vida. “Melhorando a vida – O design das inovações suecas” foi uma exposição sobre idéias que, através do design, transformaram-se em produtos e sistemas. O design sueco sempre teve como preocupações básicas a funcionalidade e a praticidade. Na exposição, os produtos ilustraram dois movimentos fortes na Suécia. Lá, o design está em sua maior parte orientado para atender necessidades básicas, mas com a preocupação de criar produtos úteis e ao mesmo tempo esteticamente bonitos. Toda essa trajetória está contada no livro “Inovações suecas”, de Kjell Sedig, editado em 2002, no qual se baseou a exposição.

O país, que era essencialmente agrícola até o século 18, começou a se desenvolver a partir do século 19. Com apenas 9 milhões de habitantes e um território 19 vezes menor que o Brasil, desde cedo a Suécia teve que estender sua atuação além das fronteiras, o que explica a presença de suas empresas em todos os continentes. A forte imagem internacional, ligada a inovações e tecnologia, deve-se também ao empresário Alfred Nobel, nascido em Estocolmo, que ficou milionário com seus inventos (entre eles, a dinamite) e legou sua fortuna para uma fundação que hoje premia as mais importantes contribuições nos campos da física, química, medicina, literatura e incentivos à paz.
Saiba mais
Site sobre design sueco – www.designsueco.com.br Site sobre design sueco – www.designsueco.com.br
Site da Revista Svensk Form – www.svenskform.se Site da Revista Svensk Form – www.svenskform.se
Site Oficial da Suécia www.sweden.se Site Oficial da Suécia www.sweden.se